Aberto ao Novo

Criar conexões e desenvolver uma rede social real é uma das grandes lições do mundo corporativo. São os contatos que você faz e conquista ao longo da vida que tornam você a pessoa que é, as trocas ensinam e constroem o profissional que você será.

A violência nas ruas e a quantidade de notícias ruins que recebemos diariamente nos impele a desenvolver uma proteção interna, produzindo distanciamento e desconfiança entre as pessoas. Do outro lado, estão as Redes Sociais, que, apesar de projetadas para aproximar os usuários, têm na verdade distanciado as relações entre os indivíduos. Nesse texto, escrevo com a intenção de resgatar a pureza e a bondade natural do ser humano. É preciso se abrir, colocar-se disponível e, assim, com certeza bons encontros irão acontecer.

São muitas surpresas positivas que alegram a alma e trazem reflexões. Uma grande frase que sempre utilizo com meus clientes para ampliar e diversificar suas percepções é: “Um ponto de vista é apenas a vista de um ponto”. Com esse entendimento, avalio que para alcançarmos uma vida plena é importante apresentarmos outros pontos de vista, escutar as razões e as concepções dos outros e, somente assim, evoluirmos.

Aprendi em um desses bons encontros da vida, que, no meio de tanta maldade, temos muitas pessoas honestas e caridosas que muito poderão te desafiar a ser melhor pelo exemplo e pelo carinho. As diferenças de escolaridade, classe social, sexo, localidades podem ainda serem mais provocantes.

Permita-se seduzir pelo diferente, aproveite e ouse conhecer as pessoas em sua essência. Tire suas máscaras e enfrente seus medos. Posso garantir que você ganhará muito mais. Cada pessoa que você conhece é uma nova conexão, uma nova rede, uma nova experiência e, assim, você segue criando sua história de modo muito mais rico.

Criar conexões e desenvolver uma rede social real é uma das grandes lições do mundo corporativo. São os contatos que você faz e conquista ao longo da vida que tornam você a pessoa que é, as trocas ensinam e constroem o profissional que você será. “Você é a média das cinco pessoas com quem você convive”. Escolha sua equipe e busque se desenvolver.

Uma vida sozinha protegida pelo celular e distanciada pelo medo do novo é medíocre e pobre. Crie congruência com seu propósito, conecte-se, deixe seu rastro e compartilhe com quem você ama.