Adeus ao Power Point

Após ler o livro Obrigada pela informação que você não me deu! de Normann Kestenbaum, resolvi escrever este texto. Esta obra me fez reafirmar o aprendizado mais importante do mundo contemporâneo: a informação deve ser passada e compartilhada.

O livro começa uma reflexão do quão mecânico e limitado ficou tudo com o uso desta ferramenta, o Power Point. Todas as informações ficaram formatadas e também robotizadas. Sequencial seria a palavra mais adequada para demostrar a maneira mais usada atualmente de transmitir informações. Quase todas as reuniões possuem inúmeras apresentações com utilização dessa ferramenta monótona e previsível. Mas, retornando à essência do porquê os “slides” foram criados, deve-se ao fato das informações serem compartilhadas, usando os canais visuais e auditivos possibilitando maior conexão com os expectadores.

Com essa ferramenta, é possível ser mais direto e passar informações numa visão sequencial. Entretanto, nós humanos precisamos de maior proximidade, de mais contato pessoal. Para isso, é preciso saber onde se quer chegar, qual é a essência e o que é fundamental em cada reunião ou apresentação de resultados.

Thomás Jeferson, terceiro presidente dos EUA, disse: “o mais valioso de todos os talentos é nunca usar duas palavras quando apenas uma pode resolver”. Saber ser conciso e falar somente o que é preciso exige mais trabalho do que se imagina. É preciso ler muito e buscar conhecer a platéia, para que as palavras e as necessidades de cada um sejam interpretadas da maneira correta.

O livro nos traz a reflexão e o movimento de que é preciso sair da Era de Criar Oportunidades para a Era de Explorar as Oportunidades. Além disso, é preciso ingressar na Era do Dissentimento para definir quais são as necessidades que focam a nossa atenção: o que é fundamental? O essencial, o indispensável? Dessa forma, usa-se o tempo do outro de forma clara e prática, conectando com a necessidade de cada um.

Pense e desenvolva a informação necessária: um único slide lógico serve para tudo. Escreva o seu e comece a passar as informações. O mundo agradece!