Resiliência

Como este é um tema muito frequente, vamos refletir um pouco mais sobre ele? Recentemente, o psicólogo e atual presidente da ICF Brasil (International Coaching Federation) George Barbosa compartilhou em uma palestra um pouco da sua experiência de anos estudando sobre resiliência. Vou compartilhar com vocês agora um pouco do que ouvi neste encontro. Você sente-se resiliente aos obstáculos da vida? Você acha que está preparado para este desafio?

Muitas pessoas que falam sobre este tema explicam a ‘resiliência’ por ‘resistência’, ou seja, a capacidade de manter-se duro ou no mesmo lugar enquanto se colocam diante a uma dificuldade.  Agora, pense um pouco mais, será que existe outra definição? Outra maneira de mostrar-se resiliente? Sim. Pesquisas mostram que pensar estrategicamente é a melhor maneira de mostrar-se resiliente.

Quando falamos de estratégia, em alguns casos, fugir da situação ou tentar ignorar a adversidade é a melhor escolha. Não fazer nada, “mergulhar e aguardar a onda passar”, sabe? Muitas vezes, a melhor maneira de ser resiliente é respirar fundo e contar até dez.

Outro caminho é enfrentar. É como naqueles dias que amanhecem com o tempo ensolarado e, após um dia de trabalho, na hora de ir embora para casa, cai aquela chuva e você se molha todo. Tente relaxar e encarar a chuva, continuar andando. Ela vai passar! Nenhuma chuva dura para sempre, nem o sol.

Aprender a ser camaleão é outra grande dica de sobrevivência. Aprenda, ou melhor, lembre-se que também somos animais e, nesta evolução da vida, recuperar algumas estratégias deles é um caminho interessante. Seja como um camaleão e mude de cor, de acordo com o meio ou estímulo externo. Isso é mostrar-se muito resiliente e inteligente!

Proteja-se, preserve-se e guarde energia para quando precisar. Essa é a melhor maneira de seguir em frente. Vamos juntos!