Networking: Você sabe fazer?

Você conhece ou sabe fazer Network? Networking é uma palavra de origem inglesa, mas muito utilizada pelas pessoas em diferentes países ao redor do mundo. O primeiro artigo da série se inicia abordando sobre visibilidade.

Networking é uma palavra de origem inglesa, mas muito utilizada pelas pessoas em diferentes países ao redor do mundo. Nós brasileiros adoramos fazer isso. Nos apropriamos de palavras em inglês e aplicamos em nossas comunicações no dia a dia.

A palavra networking não está sendo bem usada, considerando sua tradução literal. O termo ‘work’ vem de trabalho, mas as pessoas acham que apenas um café, almoço ou coquetel já pode ser considerado um networking. Não podemos confundir! Isso seria netcoffee, netdrinking, ou qualquer outra coisa. Nessa perspectiva, vamos trabalhar um pouco sobre os passos para conquistar clientes através de um real networking.

Participo de uma rede de networkers profissionais e vou compartilhar com vocês aqui um pouco do que tenho aprendido. A sigla que resume tudo é VCR. Tudo passa por aqui: V) Visibilidade; C) Credibilidade; e R) Rentabilidade.

Nesse texto, quero abordar a visibilidade. Estar visível é se apresentar; trocar cartões de visita, por exemplo. Criar um interesse, como o primeiro olhar de uma paquera.

Quando você vai a um lugar que reúne muitas pessoas, não pode ser visto por todos, nem pode observar todos os presentes. No entanto, você pode garantir visibilidade para algumas pessoas. Portanto, tenha foco, mapeie quem você quer conhecer. Se ainda não tem o nome, defina ao menos o perfil que procura.

Voltando para o espaço profissional, vejo muitas pessoas chegando em reuniões sem saber do que se trata, sobre o que vai ser tratado e quais são as pessoas em potencial que podem estar no mesmo ambiente. Essa é a primeira recomendação para quem quer ter visibilidade.

O segundo passo é mapear o local, assim que chegar. Veja se conhece alguém, qual o melhor lugar para se sentar, movimente-se. Além de observar os presentes e se localizar bem no espaço, é essencial fazer um primeiro contato.

Apresente-se, troque cartões de visita e, quem sabe, agende um próximo encontro. Da mesma maneira ocorre em um processo seletivo, além de enviar um currículo, você precisa conquistar a entrevista. Vá até eles, se aproxime, veja se ele está com alguém que você conhece. Procure ser discreto, gentil, mas direto e preciso. Você terá apenas alguns minutos.

Bom, agora que conseguiu ser visto, vamos para o segundo passo: ‘Credibilidade’, tema do nosso próximo texto. Até segunda-feira que vem, com mais um artigo da nossa série ‘Networking: Você sabe fazer?’.