O que é proibido?

Proibido?  O que pode ser? Aquilo que não conhecemos?  Algo que não podemos fazer? Seria então uma limitação? Realmente são muitas as perguntas que fazemos. Isso, porque sempre buscamos nos outros as soluções para tudo. O comparativo é o nivelamento e,  por isso, as respostas nos parecem tão complexas. A…

Proibido?  O que pode ser? Aquilo que não conhecemos?  Algo que não podemos fazer? Seria então uma limitação? Realmente são muitas as perguntas que fazemos. Isso, porque sempre buscamos nos outros as soluções para tudo. O comparativo é o nivelamento e,  por isso, as respostas nos parecem tão complexas. A ideia aqui é simplificar um pouco e desmistificar o proibido.

Hoje sabemos que nosso cérebro é aberto e disponível para novos aprendizados a qualquer momento, por esse motivo, não temos nada proibido. O desconhecimento ou a inabilidade para qualquer ação deve sempre  ser avaliada sobre dois parâmetros: esforço  e tempo. O tamanho do meu esforço e o tempo de que disponho para aprender e desenvolver o que preciso serão o único impeditivo para adquirir qualquer conhecimento e/ou  habilidade. Isso, claro, considerando a atitude, a vontade que comandará tudo.

Defina o que quer, estabeleça o tempo e mantenha-se confiante, nada será proibido!


Reflexões da Semana