Quando alguém pode fazer a diferença

O estudo sempre foi um bom marco no diferencial das pessoas, cada ciclo  de estudo equivale a um nível hierárquico e alguns zeros a mais na sua remuneração. Podemos ver, no entanto, que este diferencial está cada dia mais exigente e ampliado, hoje o curso técnico não é o suficiente,…

O estudo sempre foi um bom marco no diferencial das pessoas, cada ciclo  de estudo equivale a um nível hierárquico e alguns zeros a mais na sua remuneração. Podemos ver, no entanto, que este diferencial está cada dia mais exigente e ampliado, hoje o curso técnico não é o suficiente, um diferencial, as exigências chegaram aos MBAs.

Em virtude da massificação dos cursos de ensino universitário o mundo coorporativo tem valorizado muito as atitudes comportamentais. Estas sim,  tem traduzido uma grande diferença nas contratações e principalmente nas promoções de um empresa. Cada comportamento direcionado ao resultado e ao comprometimento do profissional com a empresa, maior será sua valorização, sua diferenciação. Um profissional faz a diferença hoje em suas atitudes proativas focadas num desenvolvimento sustentável.


Reflexões da Semana