Vida

A vida também é tema de nossa coluna, mas poucas vezes me refiro especificamente a essa parte.

Hoje vou falar dela, afinal, como existe carreira sem vida? Ou vida sem carreira?

Vi por mais de duas vezes um post nas redes sociais que dizia assim: “Previsão do tempo, ele está acabando. Aproveite! ” Esta frase é a realidade. Quando se nasce, o cronômetro dos dias começa a contar e cada dia vivido é um dia a menos no seu total. Sabiamente não se sabe o dia, mas a única certeza que temos é que é finito.

Viver a vida sem pensar em sua finitude é até sábio, no entanto, temos visto muitas pessoas que passam pela vida sem aproveitá-la e assim só percebem quando algo trágico acontece e as paralisam, adoecem ou envelhecem. Neste momento olham para trás e descobrem que a passagem foi tão rápida e que pouco desfrutou. Até se arrependem, mas como o tempo não volta, é pouco provável e é até impossível modificar algo depois de tanto tempo.

É como uma trilha que você cria numa mata depois de passar pelo mesmo local todos os dias. Cria-se um caminho e ele será sempre o mais fácil de ser seguido. Talvez não o melhor ou o mais prazeroso, mas com certeza o com menor gasto de energia.

A notícia boa é que podemos criar outra trilha, escolher outros caminhos, definir outras prioridades. Sempre será possível mudar o rumo de sua vida, basta definir o quanto de energia e recurso quer investir. Assim começa a construção de uma nova trilha.

Viver a vida em sua plenitude é aproveitar o caminho, redefinir estratégias, permitir-se errar e começar novamente. Desenhe cada etapa e meta, mas lembre-se de aproveitar as etapas e, especialmente, as conquistas.

Viva a vida intensamente, dia a dia. O momento em que vive é o único possível de transformar, o ontem já passou e o amanhã ainda nem começou. Transforme e desenhe seu caminho como a parte mais importante da sua vida. Vamos juntos!