Comunicação Empresarial x Comunicação Pessoal

Na semana passada, iniciamos uma explanação sobre este tema e, hoje, darei continuidade à reflexão, para abordar o outro lado da questão: a esfera de quem – você ou qualquer agente –  é responsável pela comunicação.

 

Vimos que a área da comunicação já se modernizou e está evoluindo para sair do âmbito de quem define, controla e domina as informações de uma empresa e focar na condição de  mediador, organizador e, principalmente, o influenciador da cultura e das informações  prioritárias a serem postadas e difundidas. E como fica o papel do funcionário? O que pode ou não ser veiculado?

Como se vê atualmente, todos são hoje comunicadores, influenciadores e, para conservar sua empregabilidade e garantir uma boa imagem, algumas regras são fundamentais. Não basta sair postando nas redes sociais e, como na gíria, procurar “ficar bem” na foto. Manter uma “boa” imagem não garante que você ficará bem com a empresa onde está trabalhando.

Como sugestão, seguem algumas dicas:

1- É preciso saber separar o que é seu  e o que é da empresa. Informações das empresas são das empresas e não cabe a você divulgá-las, evite. Cuide de divulgar apenas os seus aprendizados, suas conquistas.

2- Separe sua imagem da imagem da empresa, cuide dessa associação/dissociação, pois  estabelecer vínculos exageradamente fortes com a empresa pode ser perigoso. É importante que você se certifique com o empregador ou seu representante mais próximo o que pode  ser postado ou não para  garantir a imagem da empresa.

3- Tenha cuidado com as fotos em locais inapropriados, como: em bares e/ou baladas usando o uniforme da empresa. Isso pode não ser positivo.

4- Separe relacionamento pessoal de profissional: é sempre bom pedir licença para as postagens com os companheiros da empresa. Essa atitude indica respeito, pois nem todas as pessoas possuem e gostam de ser expostas nas redes. Você pode até achar o comportamento  retrógrado, mas deve respeitar.

5- Cuidado com as palavras e os comentários, mesmo quando não se tratar de uma postagem sua. O pior podem ser os comentários e/ou as discussões que  a postagem pode provocar. Se a foto é polêmica, evite manifestações que possam ampliar ou aguçar a polêmica.

Ser imparcial e evitar polêmicas institucionais ampliam sua empregabilidade e mantém sua boa imagem no mercado de trabalho, tão competitivo como o de hoje.