Empatia

Segundo o dicionário, o termo “empatia é a ação de se colocar no lugar de outra pessoa, buscando agir ou pensar da forma que ela agiria ou pensaria nas mesmas circunstâncias. Aptidão para se identificar com o outro, sentindo o que ele sente, desejando o que ele deseja, aprendendo da…

Segundo o dicionário, o termo “empatia é a ação de se colocar no lugar de outra pessoa, buscando agir ou pensar da forma que ela agiria ou pensaria nas mesmas circunstâncias. Aptidão para se identificar com o outro, sentindo o que ele sente, desejando o que ele deseja, aprendendo da maneira que ele aprende”. 

Palavra muito falada hoje, e pouco compreendida. Confunde-se com simpatia, indivíduo sorridente ou aberto a receber pessoas, ser sociável. Características muito importantes no dia a dia, mas que, de longe, conseguem abranger todo o sentido do que é ser empático. É a palavra da vez nas organizações, a competência requerida para os próximos desafios de um líder. Para o desenvolvimento necessário dessa competência, importa saber o que é ser empático, mas também o que não é. Assim, seus investimentos ficarão mais claros.

Existe uma confusão, é preciso ressaltar, quando se imagina que ser empático é fazer pelo outro o mesmo que gostaria que fizesse consigo. Não. Esse é um equívoco, um dos maiores enganos, pois o outro pode não gostar do mesmo que você, não possuir as mesmas preferências e, principalmente, ter escolhas e ideias diferentes das suas. As experiências, os posicionamentos, a criação e as referências são o que tornam o indivíduo único e singular, por isso, diferente de você.

Ser empático é caminhar lado a lado, acolhendo o outro como ele é, aproveitando com ele as preferências e escolhas dele. O líder empático é o que cria, com cada indivíduo, o sentimento de pertencimento particular, mas, ao mesmo tempo, consegue integrá-lo ao coletivo. Pertencer é co-criar, criar junto, coletivamente, com o comprometimento de cada um.

A empatia também é uma das competências úteis na solução de conflitos e no desenvolvimento de novos produtos e serviços. Desenvolver a empatia promove a criatividade, pois, com ela,  elimina-se o papel da execução sem participação. O resultado de cada um passa ser moldado e diferente ao mesmo tempo. Já, quando  a empatia ocorre entre várias pessoas, em equipe, ela promove a união da diversidade e o crescimento de novas ideias, de forma harmônica e contemplativa.

Comece hoje a desenvolver sua empatia para se tornar um líder e uma pessoa ainda melhor daqui para frente.

Tags: