Liderança pandêmica

O que podemos dizer sobre a liderança em tempos de pandemia? Como está? O que mudou? Alguns diriam que ficou mais difícil? Outros, que se aproximaram mais dos subordinados? Outros, ainda, que a cobrança e a exigência são maiores? As horas de dedicação aumentaram? Será que a produtividade caiu ou…

O que podemos dizer sobre a liderança em tempos de pandemia? Como está? O que mudou? Alguns diriam que ficou mais difícil? Outros, que se aproximaram mais dos subordinados? Outros, ainda, que a cobrança e a exigência são maiores? As horas de dedicação aumentaram? Será que a produtividade caiu ou aumentou? São muitas dúvidas e poucas certezas.

E como ter alguma certeza? Como trabalhar, ter ou oferecer um ambiente de tranquilidade para sua equipe voltar a produzir e trabalhar com tranquilidade? Parece missão impossível, mas não é. As melhores respostas estão nas conexões.

Construir e manter laços fortes com a equipe é o alicerce que comandará qualquer liderança. Não importa o que ou como você produz, presta serviço ou faz qualquer outra atividade. Nesta época de pandemia, o que mais se evidenciou é que o diferencial de qualquer empresa são as pessoas.

Na verdade, várias teorias vinham sendo apresentadas sobre as incertezas e a volatilidade do mundo digital. A pandemia trouxe luz para várias questões já pronunciadas, teorizadas, mas que muitos evitavam ou adiavam encarar. O seu diferencial está na equipe que você lidera.
O ser humano necessita de uma vida conectada a um propósito, a um legado e, principalmente a outras pessoas. Somos seres relacionais e sem as relações adoecemos – durante os últimos meses, houve um aumento alarmante no número de casos de depressão e suicídio.

Neste período de adaptações e novas formas de se relacionar, precisamos garantir o que é concreto e mais complexo: cuidar da sua equipe, do bem-estar das pessoas. O que apresento abaixo nunca foi novidade, mas agora se tornou indispensável para o sucesso e o crescimento de sua empresa:

1- Conheça cada um de forma individual e singular e evidencie seus pontos fortes. Descubra como potencializá-los e, principalmente, como apoiar todos da equipe;

2- Descubra as formas de aprendizagem de cada pessoa – elas possuem canais de conexão diferentes. Acesse de forma direcionada e estimule as novas formas;

3- Proteja as limitações de cada um, com suporte e ajuda da equipe;

4- Crie um ambiente de aprendizado onde o erro é o degrau do crescimento;

5- Comemore cada conquista.

Seja o melhor líder que você gostaria de ser.

 

Texto escrito por Vânia Goulart, fundadora e CEO da Selecta.