Novas Contratações: Você está preparado?

O mercado está se renovando e mesmo aqueles, que ainda acham que a crise vai piorar, devem se preparar para essa renovação. Quanto maior a oferta de pessoas no mercado, maior a exigência para o preenchimento da vaga. Além disso, o gestor está se perguntando se sua entrega ou a…

O mercado está se renovando e mesmo aqueles, que ainda acham que a crise vai piorar, devem se preparar para essa renovação. Quanto maior a oferta de pessoas no mercado, maior a exigência para o preenchimento da vaga. Além disso, o gestor está se perguntando se sua entrega ou a composição de competências de sua equipe pode melhorar. E o que fazer? Quando o gestor percebe que sua equipe não pode corresponder a sua expectativa de produtividade, deve-se perguntar se há pessoas mais qualificadas para aquela função específica. Nesse momento, o gestor vai à procura de novos funcionários no mercado e providencia a troca.  Portanto, você, funcionário, deve ficar atento! Seu gestor pode estar procurando te substituir por alguém mais qualificado e ou produtivo no mercado.

Buscar maior eficiência e, claro, uma produtividade neste mercado em crise é mais do que lógico, mas nem todos estão antenados e envolvidos neste momento. Existem profissionais que não se reciclam e, pior, não se atentaram ainda para esta nova onda.

Dizer que o número de demissões caiu parece uma boa melodia, mas está longe de ser um momento para se acomodar e se estagnar numa função. Você, profissional, assim, como as empresas, também precisa se movimentar e investir em uma reciclagem para sua função. Talvez trocar de posições e, certamente, qualificar-se, estar antento a novas tendências.

Para as empresas, o desafio é pensar: com quem e como melhorar sua eficiência? Para você, profissional, não destoar do mercado atual, deve estar preparado para ser o próximo escolhido para o novo desafio.

Você está preparado? Qualificado? Quais suas entregas? Como está sua empregabilidade? Você sabe como mensurá-la? Ter empregabilidade é ter competência? É agregar valor a sua entrega no que realiza? É conseguir se fazer presente, deixando rastro onde passa?

Para avaliar esses aspectos, faça o teste primeiro respondendo à pergunta: Você se contrataria? Quais as ações que faz e que mostram o seu diferencial na função exercida? O que você faz de especial? Se conseguir responder de forma coerente e satisfatória, siga em frente, mas, se a resposta for negativa ou pouco sustentável, procure urgentemente preparar um plano de ação. Veja que recurso pode alocar para investir em uma capacitação ou em um processo de Coaching, busque o desenvolvimento de suas competências. Essas ações poderão garantir seu emprego.

E você, que está desempregado, fique alerta, saiba que, neste reaquecimento do mercado, nestas mudanças de profissionais, pode estar sua nova chance de voltar ao mercado de trabalho. Você precisa estar pronto e preparado!