O amanhã é agora! (metro)

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã”, escreveu Renato Russo em uma linda canção que fez história e nos faz refletir até hoje! Cada dia que passa, as pessoas estão, mais e mais, se distanciando presencialmente em função dos aplicativos e das redes sociais e, assim, o mundo se…

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã”, escreveu Renato Russo em uma linda canção que fez história e nos faz refletir até hoje! Cada dia que passa, as pessoas estão, mais e mais, se distanciando presencialmente em função dos aplicativos e das redes sociais e, assim, o mundo se afasta do essencial. A falsa sensação de proximidade substitui o amor verdadeiro por algo superficial e fugaz.

COLUNA METRO-01