O sol vai aparecer

A certeza do surgimento do sol a cada dia não deve ser a única a nos conduzir. Todos os dias, novas oportunidades surgem e cada uma delas acompanhadas de uma sequência de acontecimentos a serem vividos! É importante estarmos abertos a eles, disponíveis para que possamos aproveitá-los melhor. O passar…

A certeza do surgimento do sol a cada dia não deve ser a única a nos conduzir. Todos os dias, novas oportunidades surgem e cada uma delas acompanhadas de uma sequência de acontecimentos a serem vividos! É importante estarmos abertos a eles, disponíveis para que possamos aproveitá-los melhor.

O passar dos dias, um após o outro, sugere rotina, sequência e, assim, o mais cômodo seria deixar a vida seguir. Manter a vida dentro da rotina traz tranquilidade, mas junto com ela acomodação, paralização.

Mas o que é de fato conhecido por nós? Qual a garantia de que o “conhecido” é o melhor para você? Quando não conhecemos o azedo não distinguimos também o doce! Se não desafiamos os contrastes, o diferente, outras possibilidades, apenas um caminho aparece. O contraste ou os opostos são nossa maior segurança. É preciso conhecer, enfim, a escuridão para valorizar a luz e, diante desses opostos, poder escolher. É preciso ganhar experiência para o crescimento. A capacidade de escolher é uma competência que precisa ser aprendida, treinada e ampliada. Fazemos escolhas todos os dias… Levantar ou ficar dormindo? Comer hambúrguer ou vegetais?

Cabe destacar que a cultura brasileira é superprotetora. Os pais, com intuito de acolher, tornam os filhos dependentes quando escolhem por eles, achando que, desse modo, estão os protegendo de frustrações. Deixar cada um se responsabilizar pelo seu sol possibilita também conhecer a sombra da qual irá usufruir. A maior frustração atualmente é descobrir que não somos sujeitos no ato da escolha.

O sol nasce sempre para todos, mas, infelizmente, nem todos podem ou conseguem contemplá-lo! Em sua caminhada, procure contemplar o sol todos os dias. Procure também ajudar o próximo: compartilhe suas conquistas, ajude-o a ver a luz, partilhe sua visão de mundo. O aprendizado certamente será mais enriquecedor a ambos.

O sol nasce dentro de cada um – no coração – e não é apenas pelo olhar, mas pelo calor, pela energia e, principalmente, pela crença interna na esperança.

O sol sempre nasce! Aproveite! Basta querer!