Prepare-se! Você pode ser o próximo!

Quando o ano começa, todos alimentam vários pensamentos e fazem muitos planos, até que os dias passam e a rotina toma conta do tempo e de sua estrutura. Não é preciso lembrar que nosso país está em crise e que nosso estado, que é menor, acaba sofrendo mais as consequências…

Quando o ano começa, todos alimentam vários pensamentos e fazem muitos planos, até que os dias passam e a rotina toma conta do tempo e de sua estrutura. Não é preciso lembrar que nosso país está em crise e que nosso estado, que é menor, acaba sofrendo mais as consequências deste momento. É só ligar a televisão para ouvir: altos índices de demissões, elevado número de falências, juros astronômicos, dólar aumentando e as oportunidades e os salários diminuindo.

Estar preparado para tudo isso não é fácil, mas esta pode ser uma grande oportunidade de você não ter ainda mais uma surpresa, ou melhor, de não fazer parte da estatística dos desempregados.

Quem possui um emprego hoje e, principalmente, gosta do que faz precisa estar atento a alguns passos. O primeiro deles e o mais importante é conseguir mensurar qual a sua entrega e a sua importância dentro do negócio da empresa. A sua atividade está ligada a qual fase dos resultados? Bom, se você nunca parou para pensar nisso, esta é a hora. Sua atividade, para ser perene, precisa ser lucrativa precisa se desenvolver e apoiar a empresa nesta fase difícil. Para tanto, quanto maior sua percepção e relação com o negócio da empresa, mais seu emprego está garantido.

Outra grande questão é o quanto sua rede de contatos dentro da companhia o conecta às pessoas que tomam as decisões ou não. É importante que você se faça presente sem ser inoportuno. Divulgar as ações positivas e os resultados do seu trabalho auxilia nessa sustentação. Por isso, é muito importante que você converse com quem decide, crie uma rede que possa mantê-lo conectado às informações estratégicas da empresa, possibilitando que você possa colaborar com as ações e apoiar a equipe no desenvolvimento de cada ação.

Disponibilidade e/ou versatilidade. Essas são outras características que pertencem ao perfil daquele que pretende se manter empregado. Procure se fazer presente e mostrar sua disponibilidade para colaborar no que for preciso. Disponibilize seu tempo ocioso para resolver os problemas dos outros. Aprenda outras tarefas, para, quem sabe, poder substituir, nas férias, outras pessoas ou em qualquer emergência. Procure aprender sempre uma tarefa nova. Muitas vezes, o crescimento vislumbrado pelas pessoas é vertical, mas vários estudos comprovam que primeiro se deve crescer horizontalmente, aprendendo todas as funções que estão ao seu redor, para, posteriormente, poder assumir outros cargos, outros desafios.

Prepare-se e fique alerta para não só manter seu emprego, mas também para crescer nele, ajudando a sua empresa a avançar.


Reflexões