Qual a melhor época de se fazer um intercâmbio?

A primeira resposta: é quando você quiser, puder ou estiver disposto. Na vida, para se fazer qualquer coisa, é necessário ter atitude, ou seja, estar disposto, querer, não basta ter conhecimento ou habilidade.    A ação fica precária, assim como o resultado alcançado. São muitos os exemplos que acompanhei nesta caminhada…

A primeira resposta: é quando você quiser, puder ou estiver disposto. Na vida, para se fazer qualquer coisa, é necessário ter atitude, ou seja, estar disposto, querer, não basta ter conhecimento ou habilidade.    A ação fica precária, assim como o resultado alcançado. São muitos os exemplos que acompanhei nesta caminhada como coach de carreira. Pessoas que possuem a carteira de motorista possuem o carro, mas detestam dirigir e, por isso, todas as vezes que podem, evitam o carro. E outras, casos mais graves ainda, que cursaram a faculdade escolhida pelos pais, até se esforçaram para exercer por dois anos ou mais a profissão e, depois de muita frustração, desistiram.

Não existe, portanto, época adequada para um intercâmbio. Nada é mais importante do que saber o quanto você está aberto e disponível para esta etapa da sua vida. Nada que não se faça por vontade própria e consciência individual poderá ter maior aproveitamento.

Em cada época da vida, a absorção e o aproveitamento da experiência poderá ser diferente, mas com conteúdos e especificações muito semelhantes. Vamos entender melhor… morar em outro país significa, antes de mais nada, aprender uma nova língua. Essa é a conquista comum, porém, para um recém-formado, é a garantia de uma oportunidade melhor num mercado de trabalho tão exigente.  Não será diferente de um profissional já experiente e que está fazendo uma mudança de carreira, ou tornando-se um empreendedor.  O ciclo de vida é diferente, mas o ganho com a nova língua é o mesmo. Abrem-se outras possibilidades. Com o mundo globalizado, tudo ficará mais fácil e acessível com o conhecimento adquirido.

Outro fator que se assemelha para qualquer idade também é a ampliação do pensamento e da tolerância, as diferenças de culturas.  Compreender e viver com regras e hábitos diferentes dos apreendidos em sua vida familiar reabre vários canais de aprendizado. Novamente aqui, o aprendizado vem da mesma forma, mas, para um adolescente, as descobertas serão diferentes de um profissional em qualquer outra idade, pois os interesses e aberturas serão igualmente distintos.  Contudo, a conquista será, com certeza, transformadora para ambos.

Ninguém, em qualquer idade, volta de uma viagem, pequena que seja, para outro país sem um aprendizado. O intercâmbio é apenas uma ampliação desse aprendizado. Quanto maior a exposição, maior a transformação.

Desafie você a um intercâmbio e amplie seus horizontes!