Qualidade de vida começa em suas atitudes

Este é o segundo texto sobre qualidade de vida. Desta vez, vamos dar continuidade ao assunto, focalizando a necessidade de os empresários reterem e engajarem seus funcionários para a melhoria da produtividade. Hoje, vamos falar de você, que é um funcionário e precisa cuidar também da sua qualidade de vida….

Este é o segundo texto sobre qualidade de vida. Desta vez, vamos dar continuidade ao assunto, focalizando a necessidade de os empresários reterem e engajarem seus funcionários para a melhoria da produtividade. Hoje, vamos falar de você, que é um funcionário e precisa cuidar também da sua qualidade de vida.

Cada um faz sua parte, e você precisa ajudar e, principalmente, querer. O mercado é muito competitivo e, a cada dia, mais exigente. Para corresponder às expectativas, você precisa cuidar da sua saúde, precisa se responsabilizar pela sua capacidade produtiva. Uma boa alimentação, uma atividade física e, sobretudo, equilíbrio emocional, competência sobre a qual já falamos muito aqui neste espaço, são fundamentais.

Vamos pensar em cada item que pode ajudá-lo nesse percurso:

1. Exames periódicos: isso remete a uma sequência e frequência lógica de cuidados. Como nosso corpo é uma máquina, ele precisa de manutenção e, principalmente, lubrificação. É importante conhecer suas taxas, seus índices de gordura corporal e os índices que demostram essa vitalidade.

2. Alimentação saudável: comer é se nutrir, forma mais pura de adquirir energia para gastar em seu dia a dia. Existem tantas recomendações e informações para uma nutrição equilibrada… Escolha uma e siga a sua com segurança.

3. Atividades físicas: o nosso corpo é o que nos conduz para tudo o que precisamos fazer; para isso, é necessário fortalecimento, elasticidade e flexibilidade para acompanhar o ritmo do mercado atual. O ideal é exercitar seu corpo pelo menos três vezes na semana.

4. Controle da mente: o equilíbrio mental é hoje o diferencial de um profissional; trata-se do controle e do reconhecimento de seu coeficiente emocional, da autogestão das emoções.

5. Competência intelectual: manter-se atualizado é necessário e fundamental. A exigência hoje é de um profissional especialista, mas também generalista. É preciso saber conhecer profundamente sua especialidade e ampliar o conhecimento das atividades correlacionadas à sua essência. Só informações das redes sociais não serão suficientes.

6. Harmonia: família + trabalho + lazer. É preciso ter equilíbrio e tempo para que todos possam estar dentro do favorável à manutenção harmônica.

A qualidade de vida começa em suas atitudes. Como dizia Aristóteles: “A excelência não é um feito, e sim um hábito. Somos o que repetidamente fazemos”.