Você está preparado para ser líder?

A discussão sobre as funções de liderança é cada vez mais pertinente neste mundo tão competitivo. O líder, o chefe ou o gerente sempre estiveram como responsáveis pelas glórias e os desastres de uma empresa. Se a coisa vai bem, o líder é parabenizado, mas e se der errado? À…

A discussão sobre as funções de liderança é cada vez mais pertinente neste mundo tão competitivo. O líder, o chefe ou o gerente sempre estiveram como responsáveis pelas glórias e os desastres de uma empresa.

Se a coisa vai bem, o líder é parabenizado, mas e se der errado?

À medida que os anos passam, novas competências são exigidas e solicitadas. A liderança já passou por vários momentos, todos com muitos desafios. Hoje, as perspectivas se ajustam com outras realidades.

Ser um líder não é receber uma função que você simplesmente possui liderados, porque a posição em si é, na maioria das vezes, temporária. A era do “manda quem pode, obedece quem tem juízo” está com seus dias contados. Entretanto, ainda se veem muitos gestores trabalhando dessa maneira. Uma lástima, pois a produtividade vem caindo, na proporção do número de pessoas insatisfeitas que se desligam da empresa só por causa do seu chefe imediato.

Pesquisas apontam essa como a maior causa de desligamento e incompatibilidade com a liderança, mais que salário e benefícios. Um dos desafios da área de Recursos Humanos é, portanto, fazer um bom trabalho de recrutamento, mas muitas vezes, esse processo é totalmente perdido. A permanência do funcionário na empresa não tende a acontecer devido os lideres, mas se dá, quase sempre, por outros motivos.

Sentir-se engajado e conectado a um propósito é o que todos precisam. Todos querem exercer um bom trabalho e ser reconhecidos por ele. É preciso aprender e executar algo do qual você possa se orgulhar, ensinando outros, deixando sua experiência como legado. É preciso se ter um lugar onde você se sinta bem e com vontade de se levantar todos os dias para sua atividade. A produção e o alinhamento das pessoas são hoje o maior desafio das lideranças.

O Brasil está precisando de líderes que invistam no destaque da competência de cada um dos seus liderados, fazendo com que cada funcionário se sinta único e pertencente àquela equipe. Saber qual a sua importância no processo produtivo é fundamental para se conquistar um resultado efetivo e contribuir para o desenvolvimento de talentos em sua empresa.

A liderança atual é transparente e suave, aquela que busca conectividade entre as pessoas. Seja um líder melhor! O Brasil e seus subordinados agradecem.