Modelo da nova comunicação

O nosso tema da semana vai abordar os dois lados desta vasta área, a comunicação dentro das empresas. Vamos falar como sempre os dois lados com reflexões para os profissionais da área e os usuários, os funcionários. Na revista Melhor Gestão de pessoas, nos instiga a pensar com a pergunta:…

O nosso tema da semana vai abordar os dois lados desta vasta área, a comunicação dentro das empresas. Vamos falar como sempre os dois lados com reflexões para os profissionais da área e os usuários, os funcionários.

Na revista Melhor Gestão de pessoas, nos instiga a pensar com a pergunta:  Área de comunicação, como fica com o viral das mídias? E podemos completar buscando conversar ampliando um pouco a discussão. Qual o papel da área? Na pequena e grande empresa? O que muda para o profissional dessa profissão?

A área de comunicação sempre foi importante dentro de uma empresa seja ela pequena ou grande, é a responsável por disseminar as estratégias e a cultura de maneira formal, estruturada e principalmente institucional visando a imagem da empresa. Esta á a porta principal de atração de pessoas. Há dez anos atrás era a única com esse poder de disseminar uma informação.

Hoje em dia com as redes sociais este papel está precisando ser reformulado. Qual será a forma melhor de passar a informação? Os profissionais têm discutido e trabalhado no gerenciamento do que e como às informações vão circular.

O papel é de mediador sem controles até porque não é possível   controlar ou escolher o que será veiculado, todos hoje são comunicadores e querem participar desse movimento. É constante o número de exposições, selfs e pensamentos postados na rede. Tentar bloquear isso é realmente impossível, por isso o papel desse profissional atualmente é incentivar o compartilhar de boas práticas e torná-las visíveis, apoderando cada um dentro de uma estratégia positiva, aqui está o desafio.

O ser humano tem muita facilidade de dar popularidade ao inadequado e o que não funciona, o grande desafio da área de comunicação pode ser criar uma cultura de popularizar o que dá certo, positivo e principalmente o que valoriza a imagem da empresa.  Gentilezas, descobertas, pequenas conquistas, dias sem acidente, carona solidária, práticas de qualidade de vida, tudo isso tem gerado bons posts.

Usar de maneira consciente e principalmente de forma conectada aos valores da empresa é o desafio desta nova área.